As bombas centrífugas são o tipo de Bomba de água e fluidos mais popular e comumente usada para a transferência de fluidos. Em palavras simples, é uma bomba que usa um rotor giratório para mover água ou outros fluidos usando força centrífuga.

As bombas centrifugas são muito utilizadas nas seguintes áreas:

  • Agricultura;
  • Usinas municipais (água e esgoto),;
  • Industriais;
  • Usinas de geração de energia;
  • Petróleo;
  • Mineração;
  • Química;
  • Farmacêutica e muitas outras.

As bombas centrífugas são úteis, pois podem lidar com grandes quantidades de fluidos, fornecer taxas de fluxo muito altas e têm a capacidade de ajustar suas taxas de fluxo.

Elas são geralmente projetadas e adequadas para líquidos com uma viscosidade relativamente baixa que flui como água ou óleo leve. Já para líquidos mais viscosos, uma potência adicional é exigida.

Aplicações de bombas centrífugas

O fato de que as bombas centrífugas são a escolha mais popular para o movimento de fluidos faz com que elas sejam uma forte concorrente para muitas aplicações e, como mencionado anteriormente, elas são usadas em vários setores.

A seguir, estão alguns dos principais setores que fazem uso dessas bombas:

  • Petróleo e energia;
  • Proteção contra incêndios;
  • Gerenciamento de resíduos, agricultura e manufatura;
  • Indústrias farmacêutica, química e alimentícia.

Tipos de bombas centrífugas

As bombas centrífugas podem ser classificadas em vários tipos, dependendo de fatores como projeto, construção, aplicação, serviço, conformidade com um padrão nacional ou industrial etc.

Dependendo do número de impulsores na bomba, as bombas podem ser classificadas em:

  • Estágio único;
  • Dois estágios;
  • Multi-estágio.

Lembre-se de que as especificações mais importantes de uma bomba são suas capacidades em relação a vazão e a pressão. Alguns recursos, tais como o Pressurizador rowa, tem a capacidade de aumentar a pressão da bomba, caso seja necessário.

Sistemas hidráulicos

Máquinas hidráulicas são máquinas e ferramentas que usam o poder do fluido líquido para fazer um trabalho simples, operado pelo uso de sistemas hidráulicos, com  bomba hidraulica, no qual um líquido é o meio de alimentação.

Os sistemas hidráulicos estão em toda parte em sistemas mecânicos e são feitos de uma variedade de componentes padrão.

Com componentes adequadamente localizados e perfeitamente projetados, o sistema hidráulico deve gerar um mínimo de calor (energia residual) e operar com manutenção mínima.

O pacote de energia hidráulica é o coração de qualquer sistema hidráulico. Tem um motor eletrico, bomba hidraulica, reservatório de óleo, respiro de ar e vários outros componentes.

Cilindros hidráulicos

Os Cilindros hidráulicos são dispositivos de atuação que usam fluido hidráulico pressurizado para produzir movimento e força lineares. Eles são usados ​​em uma variedade de aplicações de transferência de energia e podem ser de ação simples ou dupla.

Um cilindro hidráulico de ação única é pressurizado para movimento em apenas uma direção, enquanto um cilindro hidráulico de ação dupla pode se mover ao longo do plano horizontal (eixo x), plano vertical (eixo y) ou ao longo de qualquer outro plano de movimento.

Especificações operacionais importantes para cilindros hidráulicos incluem o tipo de cilindro, curso, pressão máxima de operação, diâmetro interno e diâmetro da haste.

O curso é a distância que o pistão percorre por meio do cilindro. Cilindros hidráulicos podem ter uma variedade de comprimentos de curso, de frações de uma polegada a muitos pés.

A pressão máxima de operação é a pressão máxima de trabalho que o cilindro pode suportar. O diâmetro do furo refere-se ao diâmetro no furo do cilindro. Já o diâmetro da haste refere-se ao diâmetro da haste ou pistão usado no cilindro.

Componentes dos sistemas hidráulicos

O indicador de nível de fluido indica a quantidade de fluido no reservatório do sistema. Já o respiro de ar é uma válvula do tipo não retorno.

Como a bomba hidráulica suga o líquido, um vácuo é gerado no reservatório. Isso afeta negativamente a operação da bomba (diminui a altura da cabeça) e também pode levar à cavitação durante a operação contínua (quando atinge a pressão de vapor) no caso de água como o fluido hidráulico.

O fluido hidráulico tem uma pressão de vapor muito baixa (0,01kPa) em comparação com a água (2,3kPa) à temperatura ambiente e, portanto, é menos propenso à cavitação.

O respiradouro de ar é uma válvula normalmente fechada e quando a pressão no interior do reservatório diminui abaixo da pressão atmosférica, abre e permite a entrada de ar no sistema.

Os sistemas hidráulicos mais avançados e sensíveis usam respiradores de ar que podem parar os contaminantes no ar (principalmente> 3 μm) e também impedir que a água atmosférica (umidade) entre no sistema.

Filtros hidráulicos

Os filtros são uma parte importante dos sistemas hidráulicos que remove as partículas indesejadas do fluido. As partículas de metal são continuamente produzidas por componentes mecânicos e precisam ser removidas junto com outros contaminantes.

Os filtros podem ser posicionados em muitos locais. O filtro pode estar localizado entre o reservatório e a entrada da bomba. Às vezes, o filtro está localizado entre a bomba e as válvulas de controle.

O terceiro local de filtro comum é logo antes da linha de retorno entrar no reservatório. Esta localização é relativamente insensível ao bloqueio e não requer um invólucro pressurizado, mas os contaminantes que entram no reservatório de fontes externas não são filtrados até passar pelo sistema pelo menos uma vez.

Filtros usados ​​de 7 a 15 mícron dependem do grau de viscosidade de óleo hidráulico.

Enfim, tantos os sistemas hidráulicos quanto os sistemas centrífugos são cruciais para as indústrias, em diversas aplicações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *