Muitas pessoas, ao imaginar uma indústria, pensam sempre em grandes máquinas e outros equipamentos destinados à produção. Porém, a produção não é a única preocupação que indústrias de grande porte têm, ao escolher os itens que vão compô-la.

Existem muitos outros itens que estão presentes em uma indústria, que a maioria das pessoas não conhece. Um exemplo disso, é a tela alambrado preço a depender da metragem.

Mas, é o modo mais utilizado para cercar, não só indústrias, como também fazendas, quadras esportivas, penitenciárias e até mesmo residências. Seu papel é aumentar a segurança do perímetro cercado, impedindo que pessoas não autorizadas entrem.

Como é o uso das telas na indústria?

A segurança ainda pode ser aumentada com a adição de um arame farpado ou uma concertina – um tipo de arame espiralado que pode ser colocado no topo da cerca de tela.

A maioria das telas passam por um processo de galvanização, que protege contra ferrugem e o desgaste. Por causa disso, sua durabilidade é extremamente grande e os gastos com manutenção são poucos.

A instalação é feita utilizando mourões, geralmente de ferro ou concreto, fixados no solo à distância de 2 a 3 metros um do outro.

Depois, a tela para cerca é fixada no primeiro mourão e esticada, sendo presa também aos demais. Rede laminada e tela de arame, são duas coisas diferentes.

A tela de arame é feita apenas para cercar o perímetro, sem oferecer danos a quem encostar nelas.

Já as redes laminadas, como o nome sugere, possuem lâminas no arame, tendo até mesmo modelos eletrificados, visando uma segurança maior.

A importância do pára-raios na indústria

Outro item indispensável em uma grande indústria é o pára-raios. Esse equipamento serve para conduzir a corrente elétrica dos raios para o solo.

Evitando que causem danos à equipamentos, produtos e, principalmente, pessoas. São obrigatórios em indústrias e devem seguir à duas normas de regulamentação, a NR-10 e ABNT NBR 5419.

Existem tipos diferentes de para-raios, por isso, ter um projeto de para raio é fundamental. A estrutura do local deve ser estudada.

A fim de desenvolver o projeto, já que cada tipo de edifício tem suas próprias características e necessidades.

O projeto deve ser precedido de uma ART, sigla para Anotação de Responsabilidade Técnica, que será a garantia para as partes envolvidas.

O pára-raios não é o único item do projeto: deve-se verificar também os cabos e o aterramento, para que a proteção contra raios seja garantida.

Além disso, também devem ser feitos testes para garantir a eficiência do equipamento. As normas preveem uma revisão no sistema a cada 2 anos e sempre que houver a incidência de uma descarga elétrica no mesmo.

Vale lembrar que o Brasil é o país com maior incidência de raios do mundo, evidenciando ainda mais a necessidade desse tipo de equipamento.

A inclusão no setor industrial

A acessibilidade também é algo essencial em indústrias, pois é obrigatória a contratação de pessoas com deficiência, além de ser um direito dessas pessoas trabalhar em uma grande indústria, caso sejam qualificadas para isso.

Por isso, é fundamental que indústrias tenham o ladrilho direcional. Ele serve para indicar o caminho a ser percorrido, para uma pessoa com deficiência visual.

Os ladrilhos direcionais, também chamados pisos táteis, são regulamentados pela norma ABNT NBR 16537. Entre outras regras, podemos citar:

  • O piso tátil de alerta deve ser instalado no início e no término de escadas fixas, com ou sem grelhas, degraus isolados, rampas fixas com inclinação “i” superior ou igual a 5%, escadas e esteiras rolantes;
  • A sinalização com piso tátil de alerta deve ser usada para definir a mudança de direção, caso o ângulo formado seja entre 90º e 150º;
  • A largura e a cor das faixas que compõem uma sinalização tátil direcional devem ser constantes;
  • O piso tátil deve ser antiderrapante;
  • Deve ter relevo contrastante em relação ao piso adjacente, conforme 5.2 a 5.5 da Norma, para ser claramente percebida por pessoas com deficiência visual que utilizem bengala longa;
  • Deve passar pelas áreas de interesse, de uso ou de serviço.

O piso tátil é um item de segurança obrigatório, para qualquer local de alta movimentação de pessoas. O ladrilho direcional de borracha, é o mais utilizado em ambientes internos, enquanto o hidráulico é mais indicado para ambientes externos.

Existe também o piso tátil inox, menos comum, também indicado para usos internos. Portanto, na próxima vez que pensar em uma indústria, você agora considerará não apenas o maquinário.

Mas, diversos outros itens relacionados à segurança dos funcionários e das pessoas que ali circulam, afinal, a segurança sempre vem em primeiro lugar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *