indústria

Todas as pessoas utilizam equipamentos e materiais diários que vieram de uma indústria. Isso vai desde um alimento congelado até o uso de equipamentos eletrônicos, da locomoção em um veículo automotivo, assim como com a utilização de um pó xadrez, que é um pigmento utilizado no setor da construção civil.

Com isso, é possível perceber que as ações da indústria estão presentes em diversos segmentos, sendo essenciais para todo o funcionamento da sociedade.

Como a demanda na indústria é elevada, sendo necessário garantir uma produção em massa, os sistemas das indústrias precisaram se adaptar ao longo do tempo, levando em conta ações que aumentem sua eficiência, sem perder sua qualidade ou colocar em risco os colaboradores da empresa.

A indústria precisa ter um padrão de qualidade

O ambiente industrial é composto por vários segmentos, mas em todos eles é necessário manter um padrão de qualidade.

Este padrão é regulamentado pela ABNT (Agência Brasileira de Normas Técnicas), assim como pelos órgãos de regulamentação de cada segmento industrial e pela legislação brasileira.

Manter um padrão de qualidade pode representar ter várias ações para garantir uma eficiência produtiva, levando em conta a segurança dos colaboradores, das máquinas e do próprio produto.

Entre essas ações, podemos destacar:

  • Manutenção preventiva das máquinas;
  • Emissão de relatórios para acompanhamentos;
  • Verificação dos sistemas de segurança;
  • Contratação de equipe especializada para identificar pontos de melhoria.

Neste aspecto, é importante a instalação, manutenção e cuidados que são necessários com os sensores de segurança. Por exemplo, o transmissor de temperatura é um elemento automático de controle de temperatura interna dentro da máquina ou dos sistemas industriais.

Também temos os controladores e transmissores de nível dentro da máquina, controladores de fluídos, de vazão e da pressão dentro do sistema.

Além de serem procedimentos automatizados, eles conseguem ser monitorados por técnicos e emitem sinais de alerta no caso de identificar falhas ou irregularidades no sistema.

Isso é essencial para garantir uma segurança, evitando vazamentos, infiltrações, sobrecarga de pressão, aumento ou redução de temperatura, dentre outros problemas técnicos.

A indústria também precisa ter qualidade em seu processo de produção, contando com máquinas revisadas, equipamentos de calibragem com a manutenção correta e com uma equipe especializada.

Por exemplo, existe um procedimento que é muito comum dentro da indústria e contribui para representar a qualidade, que é a decapagem de metais, que também pode ser considerada como uma decapagem do setor químico.

Os metais são altamente utilizados na sociedade e em diversas etapas da produção industrial. Apesar de cada metal apresentar suas particularidades, é importante ressaltar que muitos deles podem ser afetados pelo processo de corrosão e de ferrugem.

Por isso, a indústria realiza uma pintura eletrostática para conferir resistência ao metal durante este processo de oxidação. Para receber essa pintura, o metal precisa ser preparado, ou seja, passar pela decapagem de metais.

Neste processo de preparo para receber um revestimento, a indústria remove alguns pontos de corrosão e alguns excessos de material para que o metal fique liso e pronto para a aplicação.

Isso é importante também para que a aplicação do revestimento seja ainda mais aderente e proporcione mais resistência ao elemento metálico.

Procedimentos de otimização industrial

No processo de otimização industrial, são realizadas ações para favorecer o processo de produção em massa, garantindo qualidade e velocidade durante as etapas.

Com a modernidade e a tecnologia, é possível utilizar, por exemplo, uma empacotadora automática para embalar diversos produtos dentro de uma indústria.

Algumas empacotadoras também distribuem selos de segurança e lacram o material. Este processo de automatização dentro da indústria é importante pois representa uma inovação e tecnologia, fazendo com que o processo seja programado e realizado por máquinas.

Em alguns casos, é comum também utilizar uma embaladora a vacuo, levando em conta a identificação das características específicas dos produtos da indústria.

Em alguns casos, dentro da indústria alimentícia, é comum que alguns produtos sejam embalados à vácuo, com o objetivo de evitar o contato com o ar ou com o oxigênio.

Ou seja, existe um lacrador de embalagens específico para cada situação, ajudando a garantir a segurança e a qualidade dos produtos.

Portanto, os investimentos realizados em serviços e elementos de segurança são necessários para garantir segurança e qualidade para os colaboradores e para os processos industriais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *