O setor da indústria lida com uma série de peças e ferramentas que são aplicadas com a finalidade de gerar uma grande gama de soluções para as atividades cotidianas nos mais variados segmentos.

Desse modo, é importante conhecer mais sobre as diferenciações entre as peças que são empregadas atualmente e como elas contribuem de forma direta e segura para a otimização de ciclos produtivos e também de montagem dentro das fábricas e indústrias.

Para saber mais, continue acompanhando o artigo a seguir e fique por dentro de alguns detalhes importantes sobre algumas das peças mais recorrentes no setor industrial.

Válvulas

As válvulas desempenham um importante papel quando estamos falando das práticas industriais, já que elas otimizam as instalações hidráulicas e fornecem a possibilidade de acionar abertura e fechamentos para que os fluidos sejam devidamente conduzido durante as operações.

Existem diferentes tipos de valvula e cada uma tem a finalidade de atender a um grupo de demandas especiais, de modo que a escolha do modelo ideal está diretamente vinculada à uma avaliação precisa das necessidades existentes.

Afinal, é necessário contar com a aplicação correta dos itens indicados, o que pode exigir o acompanhamento de profissionais devidamente capacitados para a supervisão desse item e a avaliação da sua performance no cotidiano industrial.

Válvula guilhotina, por exemplo, é empregada no controle e no bloqueio de fluidos que possuem partículas em suspensão, sendo alguns dos exemplos mais comuns:

  • Água bruta
  • Lama
  • Pastas
  • Granulados
  • Pós em geral

Com um construção semelhante à das válvulas gaveta, o seu funcionamento tem o movimento de uma guilhotina, de onde vem o seu nome, e controla o fluxo do fluido por meio da atuação de uma lâmina de aço inox cujo movimento segue em sentido perpendicular a ele.

Com relação ao seu tamanho, isso pode variar de 2” a 48”. Além disso, os materiais mais empregados na sua elaboração são os diferentes tipos de aço e até mesmo ligas especiais.

Seu acionamento, por fim, pode ser tanto manual, utilizando o volante, quando pneumático, por meio da dupla-ação e do retorno pela mola É possível, ainda, acionar o dispositivo de forma hidráulica.

Já a chamada valvula termostatica, que permite o funcionamento ideal de motores por meio do controle de temperatura, é fundamental para máquinas e equipamentos diversos.

Como mencionado, sua função é garantir que os motores possam estar sempre sob uma temperatura considerada constante, motivo pelo qual é muito aplicada também em veículos.

Além disso, essas válvulas permitem que o motor seja aquecido de forma mais rápida, o que é fundamental para a praticidade e a produtividade dentro de fábricas e indústrias.

Afinal, quanto mais rápido o motor se aquecer, mais rápido se iniciam as atividades que dele dependem.

Após isso, as válvulas termostáticas cuidam para manter o nível térmico estável, evitando que haja o resfriamento (e, consequentemente, o desligamento do motor) ou o superaquecimento (que pode gerar danos e acidentes graves).

Flanges

Os flanges são peças empregadas em diversos conjuntos de tubulação para garantir uma série de procedimentos que são vitais ao trabalho diário das indústrias de distintos segmentos produtivos.

O Flange sobreposto, um dos tipos mais populares por conta de suas vantagens, demanda solda tanto no lado externo quanto no lado interno da peça.

Esse tipo é utilizado especialmente em demandas por temperaturas que variam, mas vale lembrar que a pressão deve ser moderada, sendo ideal para condições de baixa pressão. Ele desliza sobre a tubulação antes da solda e pode ser encontrado em segmentos como:

  • Indústria de papel e celulose
  • Indústria de gás natural
  • Indústria metalúrgica
  • Indústria de geração de energia

Rolamentos

Indicados para velocidades distintas, o Rolamento de esfera tem como principal objetivo suportar cargas radiais e axiais nas duas direções. Uma das principais vantagens dessa peça é que ela exige pouco serviço de manutenção.

Ela pode ser encontrada em diferentes tamanhos, modelos e variantes, de modo que deve ser obtida conforme as demandas de cada aplicação.

No caso do suporte de cargas mais pesadas e também para a geração de uma locomoção com velocidade alta ou muita alta é necessário contar com peças mais rígidas, de modo a garantir a segurança e a praticidade na execução das tarefas industriais.

O mais importante é contar sempre com peças de qualidade, sejam rolamentos, filtros, mancais ou mesmo flanges e válvulas, assegurando processos de qualidade e que possam fornecer cada vez mais soluções para o setor das indústrias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *