O ambiente industrial é marcado por altas temperaturas e pressão. Por isso, pensar em alternativas para manter uma boa refrigeração no espaço é fundamental. Uma das maneiras mais simples de fazer isso é investir na instalação de exaustor industrial.

Na prática esses equipamentos servem para potencializar a circulação do ar no ambiente das indústrias e, assim, melhoram o equilíbrio térmico nestes espaços.

As vantagens de contar com esses recursos não se limitam, somente, a qualidade do ar fresco no processo industrial, mas também influenciam na redução de insalubridade diante dos colaboradores.

Além dos exaustores, dispositivos como as coifas e depuradores também são essenciais para dispersar os odores e vapores acumulados no processo industrial.

Se você trabalha no controle de qualidade de uma indústria e deseja melhorar esse processo, ou quer saber mais sobre a importância de uma boa refrigeração no local, continue lendo.

Instalação de exaustor industrial: como funciona?

Em ambientes fechados demais , com grande número de pessoas e condições insalubres, manter a qualidade do ar é um desafio. No segmento das indústrias, uma alternativa interessante para amenizar esse problema é a instalação de exaustor industrial.

Os exaustores industriais servem, basicamente, para melhorar a circulação do ar e melhorar o conforto térmico no ambiente. Os benefícios desse tipo de recurso são inúmeros tanto para a estrutura da indústria como para as pessoas que trabalham neste segmento. São eles:

  • Redução do risco de transmissão de doenças;

  • Redução de insalubridade;

  • Maior produtividade dos funcionários;

  • Redução do superaquecimento de máquinas industriais.

Para complementar os exaustores industriais, há uma série de equipamentos e recursos interessantes. O bico aspersor, por exemplo, é um dispositivo muito usado em indústrias químicas e alimentícias.

O objetivo deste produto é, basicamente, pulverizar os aditivos presentes nos ambientes industriais. Além disso, esse recurso também é muito usado nas torres de resfriamento.

Ficou interessado? Quer saber como isso funciona? Então continue lendo este artigo.

Torre de resfriamento de água

Como o próprio nome sugere, uma torre de resfriamento de água é uma estrutura que recebe a substância para remoção do calor.

Assim como nos tanques e outros equipamentos, a torre é o espaço onde a água produzida nos processos industriais passa pelo processo de refrigeração a partir de fatores químicos, físicos e biológicos.

Neste contexto, dispositivos, como o chamado bico aspersor, ajudam a encher a torre quando pulverizam a água quente. Esse dispositivo é muito usado na indústria alimentícia, e nessa situação, especificamente, pode ser aplicado nas câmaras frigoríficas também.

Existem vários tipos de torres de resfriamento, uma bem comum no processo da água é a Alpina. Na prática, esse equipamento ajuda na aspiração do ar para resfriamento posterior.

Isso garante mais produtividade no processo de resfriamento, bem como, uma otimização maior dos equipamentos industriais que podem ser usados nesta missão.

Outros equipamentos

Assim como as torres, os bicos e os exaustores de ar – como as coifas e depuradores – são fundamentais para manter uma boa refrigeração na indústria.

As coifas são equipamentos muito usados nas cozinhas industriais, pois servem para transformar o ar do ambiente, ao retirar odores de gordura ou outros processos. No caso dos depuradores, o objetivo é sugar o ar da indústria e “devolver” o mesmo ar filtrado e purificado no ambiente.

Além desses dispositivos, o climatizador evaporativo é um excelente recurso para climatizar o ambiente interno da indústria, deixando o ar mais agradável.

No caso de um equipamento que é climatizador e ao mesmo tempo evaporativo, a principal vantagem é que, além de deixar o ar mais agradável, esse equipamento também filtra e umidifica o ar.

Por fim, o pulverizador manual é um dispositivo mais simples, parecido com um regador de plantas. Isso porque, seu principal objetivo é filtrar e espalhar o ar de forma natural.

Vantagens da refrigeração

Independentemente do método de refrigeração, é muito importante investir em técnicas para manter esse processo dentro das indústrias.

As vantagens vão além do equilíbrio térmico do ambiente, (que aliás, é super necessário), mas também refletem na qualidade da linha de produção, em condições de salubridade e na produtividade industrial de forma geral.

Sobretudo na indústria alimentícia, contar com esses recursos é oferecer produtos mais adequados e evitar perda de alimentos perecíveis por falta de ventilação adequada. Além, é claro, de oferecer maior comodidade aos funcionários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *