Um dos setores industriais mais importante é o de usinagem, nele são fabricadas peças usadas para diferentes segmentos e que compõem boa parte das máquinas e equipamentos que encontramos hoje no mercado.

Nesse sentido, as peças de carros, por exemplo, são produzidas por meio dos serviços de usinagem de precisão.

O interessante desse processo é que ele utiliza matérias-primas brutas e, com o uso de máquinas eficientes, ele consegue transformar tais materiais.

No entanto, ele não se limita apenas ao setor automotivo, pois existe uma grande variação de serviços de usinagem. Por isso, podem compor itens bastante complexos ou muito simples, de acordo com a demanda do cliente.

Desse modo, os segmentos que mais fazem uso de peças usinadas são:

  • Indústria naval;
  • Empresas de tecnologia;
  • Fabricantes de eletrodomésticos;
  • Equipamentos e estruturas industriais;
  • Setor de móveis.

Com o passar dos anos foram surgindo novas tecnologias para o aprimoramento dessa técnica e de muitas outras que fazem parte do dia a dia de produção das indústrias em geral.

Para atender essa demanda de forma adequada, começaram a surgir empresas de usinagem em SP e demais regiões brasileiras que passaram a trabalhar com excelência.

Uma boa empresa de usinagem é aquela que se mantém em constante modernização, busca sempre utilizar as ferramentas mais tecnológicas para realizar um serviço cada vez melhor.

Nesses ambientes existem ainda profissionais com alta capacitação, que participam de cursos e treinamentos que os tornam aptos para atuar com autonomia e personalização para os clientes.

Por isso, uma pesquisa prévia a respeito das empresas atuantes nesse ramo é fundamental.

Principais ferramentas usadas nos processos de usinagem

Como destacado anteriormente, os processos de usinagem são diversos, porém, dentre eles existem dois muito comuns por apresentar um ótimo resultado e custo-benefício acessível. São eles o fresamento e o torneamento.

Para realizar tais processos é preciso utilizar ferramentas especiais que são indispensáveis nas indústrias.

O torno mecânico, por exemplo, é um equipamento que realiza a finalização das peças e serve para que o acabamento esteja de acordo com o esperado.

Com a usinagem de torneamento é possível confeccionar peças em diferentes formatos e tamanhos, usando materiais diversos. Vale destacar neste ponto algumas peças produzidas com essa técnica que são roscas, pinos, eixos e muito mais.

No caso do trabalho de fresamento usa-se uma máquina fresadora que possui capacidade de corte elevado em materiais de grande dureza.

Ele possui um acessório chamado de fresa e com ele muitas peças ganham forma por meio do corte, mas também do entalhamento, desbaste e perfuração.

A usinagem é um processo antigo, mas no seu início era mais difícil de executar. Atualmente, com as máquinas mais modernas se tornou mais fácil.

Nesse sentido, existem também mecanismos que auxiliam no desenvolvimento como o controle numérico computadorizado, ou CNC, como é popularmente conhecido.

Em programação de computador é inserido o projeto que se deseja usinar, nele vão conter as medidas, tamanhos, formatos e demais informações e esse sistema vai enviá-las para a máquina que começará a produção dos itens.

Neste processo são realizados trabalhos em 2D e 3D. O CNC pode ser encontrado nas máquinas citadas e também em outras ferramentas gerais.

Como garantir a qualidade das peças usinadas

Existem padrões a serem seguidos quando o assunto é usinagem.

Como geralmente são confeccionadas peças em grande escala, para garantir que todas as peças estejam corretas e com a devida qualidade é preciso analisar por meio de medições e inspeções precisas e ágeis.

Nesse sentido, o uso do dispositivo de controle dimensional é fundamental. Um aparelho com tamanha exatidão e resistência é usado por indústrias em geral que desejam manter a excelência na produção.

No mais, realizar a manutenção periódica em todas as máquinas industriais permitem ainda que o trabalho seja melhor executado.

Isso porque é possível que ocorra falha em algum elemento responsável pela funcionalidade, ai é preciso agir rápido e com destreza para uma correção efetiva.

Nesse cenário indica-se ter uma equipe própria para a manutenção de prevenção, que é aquela que avalia constantemente a situação de cada equipamento para descobrir a tempo danos e consertar sem que haja transtornos aos funcionários ou produção.

Isso porque se algum item quebrar, pode ser necessário realizar a interrupção do trabalho que tem impacto direto na produtividade do segmento.

Na programada, tudo será agendado com antecedência em uma data que se adeque, afinal, se os trabalhos forem suspensos, mesmo que por um período curto, podem acarretar grandes prejuízos e atrasos na produção de todos os serviços industriais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *