Dentro da rotina das indústrias, é comum que alguns processos causem impactos ambientais. Um deles é a produção de efluentes industriais (gases e líquidos tóxicos) também conhecidos como resíduos.

Para evitar que essas substâncias sejam lançadas na natureza, gerando problemas como a contaminação dos rios e do solo, as indústrias precisam cuidar da destinação dos resíduos.

Neste cenário, contar com uma Empresa de tratamento de efluentes industriais especializada é sempre uma boa alternativa.

Basicamente, empresas que prestam esse tipo de serviço contam com uma estrutura composta por equipamentos que são capazes de descontaminar os efluentes.

As estações de tratamento, popularmente conhecidas como ETEs, são as estratégias mais comuns neste cenário.

Na prática, são espaços nos quais o tratamento de efluentes ocorre por meio de transformações químicas, físicas e biológicas.

Como essa é uma situação muito importante, tanto do ponto de vista da responsabilidade social da empresa como das leis ambientais brasileiras, alguns cuidados precisam ser tomados.

Por isso, antes de contratar uma empresa para tratar os efluentes ou, até mesmo, auxiliar na estação de tratamento de esgoto, é preciso conhecer a estrutura das empresas.

Quer saber mais sobre esse assunto? Confira alguns detalhes importantes que empresas que atuam dessa forma na indústria precisam ter!

Fabricantes de válvulas industriais x efluentes

No universo industrial, o uso de acessórios para compor a tubulação das indústrias é muito comum. As válvulas industriais, por exemplo, são encontradas em uma diversidade muito grande de modelos e são fundamentais no controle de fluidos.

Dependendo do modelo, as válvulas podem reter fluidos e gases, travar a passagem de substâncias corrosivas ou mesmo evitar a corrosão dos tubos por conta de substâncias tóxicas.

Com isso, as válvulas industriais são elementos que estão diretamente ligados a gases, líquidos, produção de vapor ou água. Ou seja, são elementos que estão ligados também à produção de efluentes industriais.

Por esse motivo, os Fabricantes de válvulas industriais precisam seguir padrões de qualidade muito rigorosos. No Brasil, as regras são organizadas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Como há uma diversidade grande desses dispositivos, as normas são variadas. Mas para elucidar a relação da fabricação de válvulas industriais com a produção de efluentes, vamos para um exemplo prático.

Em atividades de exploração ambiental como a mineração, há uma série de regras ambientais que precisam ser seguidas.

Por isso, os fabricantes precisam considerar que uma falha nesse item, pode gerar vazamento de substâncias de forma incorreta.

Isto é, sem um padrão de qualidade, as válvulas podem ter efeito contrário (em vez de regular, podem vazar efluentes e substâncias tóxicas na natureza).

A válvula guilhotina é um exemplo de produto usado na área de mineração. Na prática, esse acessório serve para bloquear a passagem de fluidos, portanto, regular a movimentação de gases líquidos e substâncias tóxicas.

Como evitar vazamento de efluentes?

Diante do cenário das válvulas industriais, manter a qualidade dos produtos e a inspeção das tubulações industriais é uma forma de evitar vazamento de efluentes.

No entanto, há outros cuidados que uma Empresa de tratamento de efluentes industriais precisa ter. São exemplos:

  • Controle de qualidade na fabricação das ETEs;

  • Instrumentos de medição adequados para os índices de contaminação de efluentes;

  • Planejamento de prevenção contra falhas/vazamentos de efluentes;

  • Controle de temperatura e condições de tratamento conforme efluente;

  • Respeito à resolução 430/201 do Conselho Nacional do Meio Ambiente.

Então, antes de contratar o serviço de uma empresa para fazer o tratamento de efluentes, certifique-se de que ela também cumpre padrões exigidos pela legislação ambiental. Isso é importante para garantir a credibilidade do processo como um todo.

Outros processos

Considerando que tratar os efluentes é algo feito dentro de um processo industrial, alguns cuidados são importantes na estrutura desse processo.

A qualidade e a segurança das instalações elétricas é um exemplo. Nessa situação, o chamado Laudo spda (Sistema de Proteção de Descargas Elétricas) é uma estratégia interessante para evitar falhas e imprevistos durante as operações de tratamento.

Na prática, esse laudo se refere a um conjunto de estratégias elaboradas para proteger a indústria e os equipamentos industriais de possíveis descargas elétricas.

O sistema não é capaz de evitar raios e descargas, mas conta com componentes que podem direcionar a ação dos raios para um aterro próximo da indústria. Ou seja, é uma espécie de para raio dentro das indústrias.

Ao observar todos esses cuidados, sem dúvidas, o tratamento de resíduos é muito mais garantido e proveitoso.

A qualidade dos equipamentos e das instalações, querendo ou não, influenciam também na qualidade dos serviços para tratar os efluentes industriais. Portanto, vale a pena fazer uma boa pesquisa de todos esses cuidados!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *