A maneira como se realiza, comumente, o processamento do leite, desde o momento da ordenha nas fazendas produtoras até a distribuição para envasamento, é determinante na qualidade do produto final. Os produtos lácteos, de uma maneira geral, dependem da qualidade da matéria-prima, o que é observado e garantido por esforços que começam ainda na área rural.

Assim, quando se pretende oferecer, de forma competitiva e diferenciada, o leite comum ou pasteurizado, bem como todos os derivados lácteos, é fundamental pensar em estratégias que mantenham a qualidade superior da matéria-prima em todas as etapas de sua elaboração.

Como manter a qualidade do leite?

Ao sair dos úberes das vacas, existe a possibilidade do produto ser contaminado com microorganismos provenientes do ambiente, de pequenos insetos e até das mãos de quem faz a ordenha.

Acontece que, como consequência da proliferação desses microorganismos, algumas características primordiais do leite são alteradas, causando degradação em seu nível de qualidade.

Ocorre a decomposição da proteína própria do leite e a lactose pode sofrer um processo de fermentação. Diante disso, uma das maneiras de assegurar a qualidade do leite e, consequentemente, dos produtos derivados dele, é mantê-lo resfriado.

O resfriamento do leite, a 4ºC logo após os processos de ordenha e higienização, dificulta a proliferação bacteriana, conservando-o, mantendo seu sabor mais apurado, além de diminuir a eliminação de amostras de leite degradados ou acidificados.

Uma das maneiras de diminuir esses problemas resultantes do não resfriamento do leite, e que está em constante expansão como alternativa por parte dos produtores é o sistema de coleta de leite a granel. O funcionamento se dá de tal forma: nas fazendas produtoras, é instalado um de Resfriador de leite, para onde o leite vai depois de feita a coleta por caminhões isotérmicos (ou seja, que possuem paredes duplas e mantém a temperatura do líquido interno).

A instalação do sistema de coleta a granel possibilita ainda, a otimização do processo, pois essa pode se dar em dias alternados.

Diante disso, é possível dizer que os benefícios decorrentes da instalação do Resfriador de leite são vistos tanto por parte dos produtores, quanto por parte da própria indústria, que ao aplicar esse método, assegura um leite que permitirá processar alimentos lácteos de qualidade superior.

É interessante que sejam implementados programas de orientação e possível treinamento aos produtores para manipular esses tanques de resfriamento da maneira correta. A higienização periódica, com os produtos corretos, por exemplo, é fundamental.

A instalação dos tanques de resfriamento exige alguns cuidados, como por exemplo, a instalação de um estabilizador de tensão compatível ao sistema como um todo para não haver interferências no funcionamento do aparelho.

Além disso, o conjunto deverá ser protegido por um complexo de aterramento, que proteja todos os componentes do resfriador.

As envasadoras manuais: vantagens e facilidade

Outro produto largamente utilizado pela indústria alimentícia é conhecido pelo nome de envasadoras.

Esse equipamento, empregado para colocar líquidos em vasos ou vasilhames também pode servir ao envasamento de produtos como sabão, produtos farmacêuticos, produtos de limpeza, agrotóxicos ou qualquer outro material que não apresente nenhum resquício ou componente sólido ou viscoso (ou seja, de consistência gelatinosa).

Existem alguns tipos de envasadoras disponíveis no mercado e uma delas é a Envasadora manual, que pode funcionar tanto por meio da gravidade quanto por um sistema pneumático (ou seja, o movimento dos pistões do equipamento é feito pela pressão de algum gás comprimido, normalmente o próprio ar).

A instalação, remoção e também o transporte desse maquinário pode ser feito com grande facilidade, uma vez que sua instalação é muito simples e a necessidade de espaço é muito baixa: neste caso, a Envasadora manual pode ser facilmente colocada sobre um suporte como uma mesa.

Sua instalação também é muito mais simples que uma envasadora tradicional e, assim, a presença de técnicos especializados não se faz necessária: basta que o usuário leia o manual de instruções que vem junto do produto.

Os ventiladores com água

Os ventiladores são aparelhos utilizados para resfriar os ambientes em dias de calor intenso ou manter o ar em circulação.

Nas indústrias, assim como dentro das casas, uma das opções mais eficientes é o ventilador com água, que umidifica o ambiente, sem deixá-lo molhado, apenas dentro de uma umidade recomendada.

Antes de adquirir um desses produtos é necessário observar as necessidades específicas do seu consumo (uso industrial ou doméstico, por exemplo), já que a potência do aparelho muda.

Para aumentar a performance do seu aparelho, se procurar por ventilador preço é possível Comprar hélice de ventilador e trocá-la, se necessário for aumentar sua potência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *