O ambiente industrial é cheio de surpresas, principalmente quando falamos sobre todos os seus serviços e equipamentos.

Isso porque dentro de cada um desses citados, há um universo de funções, que necessitam umas das outras para que tudo funcione corretamente.

Ou seja, todos os elementos industriais possuem uma conexão com outros, e esse trabalho em conjunto faz com que todos os seus maquinários e afins funcionem da forma correta e façam todo o trabalho para que foram designados.

Alguns desses equipamentos, são peças, como válvulas e rolamentos, assunto o qual abordaremos neste artigo.

É possível dizer que sem esses pequenos aliados, diversas funcionalidades não existiriam, uma vez que estes são essenciais para suas respectivas funções.

Para compreender melhor como eles funcionam nesse ambiente industrial, acompanhe este texto, pois iremos explicar seus funcionamentos e como são utilizados diariamente.

Entenda a utilização das válvulas

O primeiro assunto a ser tratado se refere às válvulas e o que elas fazem nesse meio. Elas são peças que conduzem fluídos em tubulações e outros ambientes onde estão.

É possível que ela carregue líquidos, gases, produtos barrosos, granulados, elementos químicos e tóxicos, etc. Ou seja, são as válvulas que controlam todo esse trânsito de resíduos.

E para que tudo isso seja possível, existem variados tipos dessa peça, cada um com uma função diferente.

Alguns dos benefícios das válvulas são:

  • Controle;
  • Direcionamento;
  • Segurança;
  • Gerência.

Existem diferentes tipos de válvulas, e aqui abordaremos dois deles, a valvula de retenção e a angular. A de retenção faz um trabalho de abertura e fechamento em uma barra de válvula circular.

Ela age em seu próprio peso e pressão média, bloqueando o fluxo reverso no meio. É automatizada e também conhecida como válvula de retorno e isolamento. Seu movimento é um levantamento de giro e a sua retenção possui apenas uma haste que aciona a aba.

Também é muito utilizada para oferecer uma linha em que a pressão sobe para um sistema auxiliar e excede a pressão sistemática. Assim ela é dividida internamente e consegue ter todo esse desenvolvimento.

Já a válvula angular é um tipo de dispositivo de regulagem usado em sistemas hidráulicos, mais conhecimento como encanamento. Ou seja, ele possui portas de entrada e saída, que se respeitam e é feito em 90°.

Suas portas são conectadas de forma direta, de modo a poderem realizar uma ligação com tubos de aço galvanizado e também com ferro, permitindo que essa compressão se ligue também a tubos de cobre. Em resumo, ela é como se fosse um registro.

Sua essencialidade está no controle do fluxo de todos os tipos de fluídos, garantindo um bom funcionamento para sistemas, sem que haja vazamentos, fazendo com que o fechamento da linha para preparos e desvios não cesse sua distribuição.

Por último, dentre todos os elementos aqui citados, existe um acompanhamento chamado de flange cego, que é um dos mais populares nesse meio. Ele possui um furo em seu centro e é utilizado em extremidades de sistemas de tubulações.

Isto é, ele permite que a linha seja inspecionada e tenha uma continuação. Além disso, é usado para fechamento dessas linhas e de seções flangeadas, que podem ser encontradas em todos os tipos de condições relacionadas à temperatura e à pressão.

O que são e qual a importância dos rolamentos?

E por fim, iremos falar sobre o rolamento, também conhecido como mancal. Trata-se de peças de maquinários que são fabricadas com o objetivo de servir como apoio fixo para os elementos que possuem movimentos giratórios em seus mecanismos, ou seja, os eixos.

Quando tentamos entender mais sobre, devemos parar e pensar em todos esses grandes maquinários, pois todos, ou quase todos, possuem eles de forma composta, para que se posicionem e girem um em relação aos outros, ajudando na movimentação rotativa das superfícies.

Lembrando que qualquer distribuidor de rolamentos terá variados tipos, modelos e tamanhos desses elementos, para que o mancal possa ser útil na maioria dos maquinários existentes fazendo com que eles funcionem da melhor forma possível.

Enfim, no decorrer deste artigo abordamos assuntos sobre as válvulas e também sobre os rolamentos, peças essenciais para o funcionamento de uma indústria, independente de seu segmento de atuação, pois sem eles, seria quase impossível deter toda a desenvoltura necessária para os processos industriais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *