Os maquinários industriais são conhecidos pela estrutura robusta, geralmente fabricada com materiais duros como o metal, em conjunto com sistemas resistentes e de alto desempenho para o setor.

No entanto, mesmo com a aparência de extrema durabilidade, os equipamentos industriais estão fadados ao desgaste, ainda mais quando não cuidados da forma correta.

Por esse motivo, as indústrias devem adotar uma série de medidas para a prevenção do desgaste, como forma de valorizar o funcionamento das máquinas e equipamentos, além de reduzir a ocorrência de falhas, que podem gerar perda de produtividade.

Ou seja, evitar o desgaste dos maquinários é uma forma de manter a qualidade do trabalho do setor e diminuir gastos desnecessários.

Atualmente, com o desenvolvimento da tecnologia e a expansão da indústria 4.0, as medidas preventivas contra desgaste foram aprimoradas, sendo possível minimizar significativamente o desgaste e, ainda, prever a ocorrência de erros.

Dessa maneira, pode-se planejar estratégias viáveis, como a substituição programadas de peças ou, ainda, a incrementação dos maquinários, com a introdução de componentes e dispositivos para melhorar o desempenho.

Itens que ajudam a evitar o desgaste das máquinas industriais

Adotar medidas preventivas pode ser algo muito mais simples do que parece. Existem componentes extremamente eficiente e com baixo custo de investimento que atuam contra o desgaste de maquinários, como é o caso da junta de expansão.

A peça pode ser instalada em tubulações e equipamentos, tendo como principal objetivo captar as dilatações térmicas e, assim, absorver vibrações e desalinhamentos.

Ademais, as juntas de dilatação são excelentes para garantir a estanqueidade de tubulações, por isso, podem ser aplicadas em sistemas hidráulicos e pneumáticos das indústrias. Entre as principais vantagens do uso das juntas, destacam-se:

  • Aumento da segurança contra vazamentos;
  • Redução do tempo de manutenção das máquinas;
  • Melhor desempenho no transporte de fluidos e gases;
  • Menor gasto com a troca de tubulações e sistemas industriais.

Outro componente que atua contra o desgaste de maquinários industriais é a arruela quadrada. A peça é capaz de aumentar a área de apoio para porcas e parafusos, evitando problemas causados pelo atrito constante. A arruela pode ser fabricada em diferentes materiais, dependendo da aplicação, mas normalmente, é feita em metal.

Mais do que possibilitar um apoio adequado para o conjunto de parafuso, a arruela também assegura uma boa estabilidade em projetos que tenham um espaço interno com presença de umidade. Até por conta disso, a fabricação em metal é indicada, pois a peça irá apresenta resistência contra corrosão.

Outro componente ideal para evitar desgastes e outros problemas em máquinas industriais é o tecido de fibra cerâmica. O revestimento é anti-chama, criado para substituir os materiais em amianto. O material pode ser usado para a fabricação das juntas de expansão, além de atuar como isolante térmico em equipamentos e tubulações.

A qualidade como fator-chave para evitar o desgaste

Mais do que investir em componentes para a segurança, proteção e redução do desgaste, o setor industrial deve sempre priorizar pela qualidade de seus materiais.

Quer dizer que, mesmo na aquisição de peças simples, como uma mangueira, deve-se valorizar o uso matérias-primas resistentes, de alta performance e ótimo desempenho.

Dessa forma, é possível ter a certeza de que o equipamento está operando com peças boas, que apresentam menos falhas, se comparadas com produtos mal confeccionados.

Nos sistemas de tubulações, além da qualidade dos materiais, é preciso ter atenção quanto aos tipos, modelos e tamanhos de componentes de conexão. Eles são imprescindíveis para evitar acidentes de vazamento e, ainda, funcionar como elo entre um tubo e outro.

É possível encontrar diferentes modelos de conexão, por esse motivo, deve-se verificar bem quais são as necessidades de cada sistema industrial, para investir nos elementos adequados.

Ademais, é preciso especial cuidado nas válvulas, que também asseguram a proteção contra vazamentos e controlam os níveis de pressão.

Para que tudo isso seja possível, é recomendável que o setor industrial busque por fabricantes de juntas, conexões, vedações, válvulas e outros elementos de qualidade, que tenha experiência e reconhecimento no mercado.

Assim, deve-se pesquisar os melhores estabelecimentos, sempre priorizando os que oferecem garantia de fabricação.

Ao lado disso, é importante contar com uma equipe de assistência técnica e profissionais qualificados, que podem orientar sobre os melhores produtos, de acordo com as necessidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *