No meio de uma economia desafiadora e do encolhimento dos orçamentos de capital, muitas empresas enfrentam o enorme desafio de manter sistemas de transporte de cargas pesadas antigos funcionando bem, antes de normalmente estarem indo para o pátio de sucata.

Ao contrário de um bom vinho, o equipamento mecânico geralmente não melhora com a idade. Mas há esperança para aqueles que não têm o luxo de atualizar para um novo sistema de última geração.

Aqui estão algumas dicas de manutenção do sistema de transporte para manter a correia transportadora girando. Inicialmente, leve em consideração os seguintes aspectos:

  • Contrate um técnico de manutenção especializado;
  • Tenha peças de substituição em estoque;
  • Faça manutenções preventivas periódicas e auditoria do sistema;
  • Substitua peças obsoletas.

1. Técnico de manutenção

A principal vantagem dos sistemas de transporte é que eles automatizam muitas tarefas humanas associadas à fabricação e transporte de materiais.

Isso inclui tarefas como alimentar, mover, carregar e descarregar materiais. No entanto, manter um técnico de manutenção especializado na linha da transportadora é indispensável.

Um dos maiores erros das empresas, nesse sentido, é não contratar um técnico de manutenção especializado em correias transportadoras.

Um bom técnico é capaz de corrigir pequenos problemas antes de se tornarem grandes e, possivelmente, será o seu braço direito na linha de produção. Portanto, não o subestime.

2. Peças sobressalentes

É fato que, mais cedo ou mais tarde, as peças mecânicas acabarão por falhar (provavelmente no pior momento possível).

Dependendo de qual parte falhar, um colapso pode interromper a produção por um longo tempo. Passe longos períodos sem substituir uma peça que falhou e sérios danos poderão ser causados ​​a outras partes do sistema.

É altamente recomendável, para você não ser pego de surpresa, manter um estoque de segurança de todas as peças do transportador de correia consideradas críticas.

3. Manutenção Preventiva

Caso você planeje consertar as coisas quando quebrar, você estará muito ocupado resolvendo esses problemas.

Equipamentos mecânicos, maquinas e ferramentas – incluindo transportadores – devem ter manutenção constante porque diferentes partes do seu sistema requerem diferentes níveis de cuidados preventivos.

Não é diferente do seu carro, por exemplo.. Siga a programação de serviço recomendada e ela será executada por um longo período. Não faça serviço no carro, e você estará constantemente sentado na beira da estrada aguardando o guincho.

4. Auditoria do sistema e documentação

É importante inspecionar continuamente seu sistema de transporte para garantir que esteja funcionando sem problemas.

Muitas vezes você pode verificar um pequeno problema muito antes de se tornar um grande problema. Infelizmente, aqueles que estão ao redor do sistema todos os dias têm alguma dificuldade em dizer quando algo falha lentamente ao longo do tempo.

Ao inspecionar todo o seu sistema desde a entrada até a descarga, um técnico especializado pode ajudar a garantir que ele não esteja indo em direção a uma falha catastrófica.

5. Equipamento e peças obsoletos

Às vezes o orçamento limitado proíbe a substituição de sistemas inteiros de rosca transportadora. No entanto, é importante estar atualizado sobre quais transportadores e peças do seu sistema estão obsoletos e não estão mais sendo fabricados.

Saber isso pode ajudar você e sua empresa a tomar decisões de negócios sábias.

Por exemplo, se você tiver a informação que um determinado tipo de sistema transportador não está mais sendo fabricado, é possível determinar que seria mais prudente financeiramente estocar peças de reposição adicionais para este equipamento do que substituí-lo em sua totalidade.

Por isso, prepare-se para este tipo de situação.

6. Reparar com sabedoria

A manutenção de um sistema grande de manuseio de materiais pode ser esmagadora. É importante pensar em reparos necessários em termos de tempo.

Por exemplo, se um rolamento sair em uma unidade central, a melhor relação custo-benefício seria substituir apenas o rolamento.

No entanto, a coisa inteligente a fazer seria substituir os rolamentos e, possivelmente, a polia afetada. Separar a seção do drive leva tempo, normalmente muito mais tempo do que realmente trocar os componentes.

É importante, por isso, consertar as coisas de maneira inteligente. Manter a esteira industrial em dia pode ser um trabalho desanimador.

No entanto, com um pouco de organização e pensamento crítico, você pode estender a vida útil de um sistema de transporte de cargas pesadas muito além do que o fabricante afirma.

O departamento orçamentário da sua empresa, com certeza vai agradecer essa manutenção preventiva. Pense nisso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *