Os misturadores industriais são equipamentos compactos, de alta força, capazes de processar materiais de composições variadas e atenderem às condições específicas de trabalho, onde haja necessidade de homogeneização.

Além disso, os misturadores possuem condições de operação que lhes permitem processar praticamente todos os tipos de produtos, como pós, massas, granulares, entre outros.

Aplicações dos equipamentos

A aplicação dos misturadores industriais é muito comum no setor farmacêutico, alimentício, construção civil, rações, produtos de limpeza, agrícola e fábricas de fertilizantes.

Os misturadores industriais permitem a realização de processos em um único equipamento, com várias formas de dosagem, alto rendimento operacional em diversas aplicações, além de conter baixo consumo de energia.

Confira, a seguir, alguns equipamentos e acessórios que são utilizados nas estruturas de produção:

  • Resfriador e dosador de água: equipamento que fornece água de aproximadamente 4ºC, diretamente na masseira, proporcionando a obtenção de um produto de ótima qualidade;
  • Balança: a pesagem de itens deve ser feita rapidamente, por isso as balanças eletrônicas digitais são as mais apropriadas, pois fornecem informações assertivas;
  • Esteiras: utilizadas para acomodar as massas, são metálicas, perfuradas e na forma de canaletas;
  • Fatiadora: possui um conjunto de lâminas com serra nas bordas, responsável por realizar o fatiamento das massas com eficiência;
  • Batedeira: usada no preparo de alguns produtos de panificação e de confeitaria, para os casos de grandes produções, existe a batedeira industrial;
  • Forno: o tipo mais utilizado em padarias é o forno a gás, por ser um combustível mais barato. Deixa poucos resíduos e apresenta uma boa eficiência na distribuição do calor. A combustão do gás cria um fluxo de ar quente que se desloca intensamente em todo o seu interior, fazendo com que o calor seja uniforme em todas as suas partes.

Modelos de equipamentos

No mercado existem diversos e exclusivos modelos para cada segmento da indústria, que variam quanto à estrutura, desempenho e propriedades técnicas, se adequando assim a aplicação.

Um desses modelos é o misturador de massa industrial. Esse tipo de equipamento, fabricado em aço inoxidável ou em aço carbono, pode ser utilizado para para misturas por bateladas ou contínuas.

Por ser versátil, higiênico e econômico, o proprietário desse tipo de misturador não encontrará problemas de contaminação das massas processadas.

Outro equipamento ideal, que é utilizado em diversos segmentos industriais, é o misturador vertical de ração.

Como o próprio nome sugere, é extremamente eficaz quando se trata de mistura de rações de todos os tipos, processando grãos de diversos tamanhos.

O valor de operação é baixo, o que o caracteriza como um equipamento extremamente econômico, de forma que o custo-benefício é uma das principais vantagens de sua utilização.

É um maquinário que oferece enorme praticidade à indústria porque promove sua produtividade por meio da automação. Isto faz que com que as diversas etapas sejam executadas de maneira mais rápida, dado seu alto desempenho.

O misturador de ração é fabricado em aço carbono ou aço inox. Seu desenvolvimento acontece através da aplicação de tecnologias avançadas.

Há disponíveis no mercado diversos modelos de misturador vertical de ração, podendo variar sua capacidade e suas dimensões, porém, todos são igualmente eficientes e de alta qualidade.

As indústrias alimentícias que trabalham com produção de massas enfrentam o desafio de acelerar esse procedimento que leva muito tempo, caso seja realizado manualmente, comprometendo a produtividade.

Nesse aspecto, muitas delas adquirem a misturadeira de massa, disponível em vários modelos para atender os requisitos do cliente.

É um equipamento que realiza a mistura dos ingredientes de maneira uniforme através do sistema de pinos, garantindo a qualidade da massa.

É uma mistura feita com agilidade e praticidade para a produção de massas frescas, utilizadas para produção de pastéis, biscoitos, pizzas e até mesmo para a mistura de embutidos.

O material usado em sua estrutura é um aço inoxidável, com resistência contra corrosão, além de elevada durabilidade.

A produtividade varia conforme o modelo escolhido e de acordo com o equipamento de produção, seja de sessenta ou cento e vinte quilos por hora.

Outro tipo de equipamento qualificado é masseira industrial, por exemplo, destinado para misturar os ingredientes e confeccionar o produto.

Geralmente, é utilizada em confeitarias e padarias, que demandam grandes quantidades de massa.

As masseiras podem ser lenta ou rápida: a lenta possui maior capacidade, podendo preparar vinte e cinco quilos de massa. Contudo, o tempo gasto é maior, o que necessita complementar o preparo da massa em um cilindro.

Já as masseiras rápidas oferecem até três opções de rotação e possibilitam o preparo desde um até dez quilos de massa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *